terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Comunidade Católica está sem igreja para rezar!

A comunidade aguarda a boa vontade do poder público para remover o entulho.

A estrutura vai ser derrubada para a construção de novo prédio.

O titulo parece piada, mas é a realidade enfrentada pela comunidade de católicos no distrito de Boa Vista do Pacarana. A paróquia local, Igreja de Nossa Senhora do Carmo que foi construída há várias décadas vinha apresentando problemas na sua estrutura devido a algumas falhas na sua construção (Faltam as figas de concreto nas paredes para dar sustentação a todo o conjunto estrutural). Com isso todo o prédio ficou comprometido devido à inclinação das paredes do prédio. Segundo moradores esta planejada a derrubada do prédio e a construção de uma nova igreja no mesmo local do antigo templo. A comunidade se reuniu e fez a retirada dos bancos e outros móveis da igreja, assim como o telhado e parte do forro. Porém para derrubar a estrutura do prédio é necessária a utilização de uma maquina (Pá Carregadeira) para derrubar e fazer a limpeza do local para a construção do novo prédio. O entulho terá que ser retirado do local com auxilio de pás carregadeiras e caminhões caçambas para levar para fora do perímetro da comunidade os entulhos. Segundo fomos informado o fato foi levado ao conhecimento do vereador do distrito, Sedi do Posto que solicitou ao prefeito municipal a liberação do maquinário para executar esse trabalho.
A comunidade aguarda a boa vontade do poder público para remover o entulho.

Porem a resposta negativa do mandatário local dizendo que a prefeitura não tem óleo diesel e nem maquinário disponível para esse trabalho deixou todos da comunidade desanimados. Segundo a resposta do prefeito só para o ano que vem (2014) ele poderá atender a solicitação e enviar o maquinário para atender a comunidade católica do distrito. Em conversa com algumas pessoas ligada à Igreja Católica do Pacarana, a idéia agora é contratar uma maquina para fazer o trabalho e arrastar o entulho para a beira da rua e aguardar quando a prefeitura vir limpar a comunidade para então as maquinas da Semosp darem um destino ao entulho ali deixado. Enquanto isso não acontece à comunidade se reúne como pode para realizar seus cultos e encontros religiosos. Essa situação de inércia que tomou conta da administração não tem precedentes na historia política desse município. A falta de compromisso com as causas sociais é tanta que a sociedade já encara como normal. Para aqueles que ainda se lembram dos discursos feitos no palanque eleitoral do ano passado essa situação serve como um paradoxo para ver e refletir! “Como poucos conseguiram enganar tantos ao mesmo tempo”. 

Fonte: Luizinho Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário