terça-feira, 16 de julho de 2013

População quer que PF retire caminhão da Independência

O cargueiro estaria atrapalhando a visibilidade dos condutores das vias Independência e principalmente, Rio Grande do Sul.
Salim Sales da Sociedade Espigão
Fotos: Salim Sales  (Rádio Sociedade Espigão)
Reclamações de moradores das proximidades, mas que não se identificaram, condutores de veículos, que também buscaram o anonimato, nos levaram até a sede da Policia Federal nesta manhã de segunda-feira (15), em busca de informações sobre a apreensão recente de 15 cargueiros, todos realizando de forma ilegal o transporte de madeira em toras, segundo o Delegado Glauber, que esta no comando das Operações recentementes realizadas e que resultou na destruição de equipamentos e maquinários, que estariam de forma ilegal dentro de reservas federais e indígenas no município de Espigão do Oeste.
Houveram muitas informações conturbadas inclusive, de que ocorreriam manifestações por parte do setor madeireiro, o mais atingido pelas fiscalizações da PF, que de acordo com o delegado esta no município somente com 6 agentes. A PM inclusive reforçou o contingente, trazendo 32 homens de força especiais da 3º CIA de Pimenta Bueno e 4º BPM de Cacoal, mas as ‘manifestações’ não foram realizadas.
O DPF Glauber deu detalhes sobre os caminhões apreendidos no pátio e inclusive disse que alguns condutores ainda estariam detidos. Ele não cedeu nomes de empresas e nem dos condutores dos caminhões. O Delegado Federal ainda confirmou que os condutores e proprietários sofreram sansões impostas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e Leis Ambientais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário