quinta-feira, 15 de março de 2012

Polícia Federal apreende 200 toras de madeira ilegal em Zona Rural de Espigão

 Após de investigações preliminares que indicavam a existência de um depósito de madeira ilegal na zona rural da cidade de Espigão do Oeste, a Polícia Federal apreendeu em ação conjunta com a SEDAM e a Polícia Militar Ambiental cerca de 200 toras de madeira de diversas espécies que juntas somaram mais de 600 metros cúbicos do produto florestal.

Segundo especialistas da base da Operação Arco de Fogo (unidade da Polícia Federal que fez o flagrante e que é ligada à delegacia de repressão a crimes contra o meio ambiente da PF na Capital) com essa quantidade de madeira seria possível carregar mais de 30 caminhões.

No local ainda foram apreendidas diversas máquinas e veículos, entre elas um trator de grande porte e uma pá-carregadeira, além de dois caminhões, motos e motosserras.

No momento do flagrante duas pessoas foram detidas, mas os trabalhos de investigação continuam para a identificação de todos os participantes do crime ambiental e segundo o delegado de polícia federal responsável pelo caso já se tem notícia de pelo menos mais dois integrantes do grupo criminoso que seriam os chefes da empreitada.

O local da apreensão fica 35 km distante do centro urbano da cidade de Espigão do Oeste e está bem no meio de três reservas indígenas, além do que parecia ser uma espécie de depósito de onde as madeiras eram carregadas de acordo com a demanda já que era um lugar seguro e longe das vistas das autoridades.




FONTE: Assessoria//PF

Nenhum comentário:

Postar um comentário